matesco-o-antagonistaDe Virene Matesco, economista e professora da FGV, ao Antagonista, sobre a confirmação de Ilan Goldfajn no Banco Central:

“O (Alexandre) Tombini não tinha liberdade de ação. Dilma nunca respeitou o cargo de presidente do Banco Central nem a autonomia da instituição para conduzir a política monetária. Tombini não tinha capacidade para dizer não e contestar o que a presidente mandava. Essa história de ser pau-mandado não dá certo na economia. A ideologia desta nova equipe parece ser mais eficiente, mais responsável, pautada em fazer o correto, em detrimento de uma ideologia que nos fazia muito mal, mas tentava sustentar um discurso de que era bom para todos.”

O Antagonista espera que, de fato, seja uma nova fase no BC. Chega de paus-mandados.


A matéria original pode ser conferida em:
http://www.oantagonista.com/posts/chega-de-paus-mandados